THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

terça-feira, 29 de janeiro de 2008

assim começa o dia....


Deixei a preguiça na cama, levantei-me, pus patinhas a caminho e fui correr de manha :) Haverá melhor vista que a do mar, logo de manhazinha em que ainda o dia cheira a novo e o ar matinal nos recarrega energias?

Musica mexida para nao perder a energia e no fim Pedro Abrunhosa e a sua belissima musica "Pontes entre nós" para ajudar a relaxar os musculos :)

Eu tenho o tempo,
Tu tens o chão,
Tens as palavras
Entre a luz e a escuridão.

Eu tenho a noite,

E tu tens a dor,

Tens o silêncio

Que por dentro sei de cor.

E eu, e tu,
Perdidos e sós,
Amantes distantes,

Que nunca caiam as pontes entre nós.
Eu tenho o medo,

Tu tens a paz,

Tens a loucura que a manhã ainda te traz.

Eu tenho a terra,

Tu tens as mãos,

Tens o desejo que bata em nós um coração.

E eu, e tu,
Perdidos e sós, Amantes distantes,
Que nunca caiam as pontes entre nós.


Muito bom mesmo...A ver se nao perco a força e continuo assim com energia matinal :)


Bjinhossssssssssmyspace backgrounds images


ps: Ontem lá nos decidimos e fomos ver o "Banquete do Amor"... No incio do filme, confesso que estava a achar que ia ser mais um daqueles dramalhoes que nos poem com vontade de sair a meio do filme mas depois gostei e muito :) è sobre o amor...e está tudo dito...

É curioso porque mostra as diferentes formas que cada pessoa encontra para amar...Nao quer dizer que se ame menos ou mais...Apenas de forma diferente :)

E o que acham voces: que o amor é apenas uma coisa que alguem inventou para pôr mais bebés choroes no mundo ou que pelo contrario é aquilo a que tudo se resume? :)

Eu inclino-me mais para a segunda hipotese...Mas eu sou uma romantica incurável :)

E ja agora aqui fica o resumo :

O Banquete do Amor

Uma história para todos os que gostam de amar.

Do ilustre realizador vencedor de vários Óscares da Academia, Robert Benton (“Kramer contra Kramer”, “Um Lugar no Coração”), chega-nos uma ode caleidoscópica à vida e ao amor, com todas as suas facetas cómicas, sexuais, loucas e dolorosas, «O BANQUETE DO AMOR».

Num café numa comunidade muito fechada no Oregon, o professor local e escritor Harry Stevenson (Morgan Freeman) assiste ao amor entre os residentes da cidade «a fazer das suas».
Entre os jovens e os adultos, entre os pais e amantes, entre o doce e o bárbaro, entre os humanos e até os animais, Harry observa com reverência enquanto o amor engana, fere, devasta, inspira, com propositadas exigências e afecta profundamente as vidas de todos à sua volta – incluindo a sua própria vida.

Desde o romântico e obstinado dono do café, Bradley (Greg Kinnear) que tem o hábito de procurar o amor em todos os sítios errados, incluindo na sua mulher Kathyrn (Selma Blair); à irritadiça agente imobiliária Diana (Radha Mitchell) que se deixou envolver com um homem casado (Billy Burke) com quem tem uma ligação inefável; à jovem e bela recém-chegada Chloe (Alexa Davalos) que desafia o destino ao namorar o perturbado Oscar (Toby Hemingway); ao próprio Harry, cuja adorada mulher (Jane Alexander) procura chegar até ele e passar por cima da sua grande dor após a perda de alguém muito próximo.

Todas estas histórias se entrelaçam numa épica história de amor em que ninguém consegue evitar a tensão, a confusão, o prazer e fundamentalmente a compensação do feitiço inevitável do amor.


4 consideraçoes hipocalóricas:

Mishi disse...

Olá minha linda,


Últimamente, devido a este tempinho maravilhoso que se faz sentir, também me anda a apetecer imenso ir até à praia... sabe tão bem o cheiro a mar, a areia fria entre os dedos dos pés.. o toque da água gelada.. as brincadeiras pelo areal deserto.. hm. Maravilhoso!

Beijinhos grandes :)

Lau disse...

Ola lindona,

Ja tinha vontade de ir ver este filme, pq sou uma romantica incorrigivel :) como tal acho que o amor e o pilar de tudo, sustenta toda a nossa vida,uma vez que ha varias formas de amor. Quanto ao amor sem ser frateral, sempre acreditei no principe com o cavalo branco, lol, por isso ja podes avaliar ate que ponto sou adepta do amor, lol.
Vou ver se o vou ver.
Gostava de ter a tua pica e levantar-me cedo e ir pelo menos caminhar, mas para isso, tinha que me levantar as 06h da manha, lol

Jokitas angelicais

Anita disse...

bom dia linda:)

não vou perder esse filme:)já vi a preview e gostei bastante:) também sou uma romântica incurável...ai ai:) o que é que se há-de fazer???

beijinhos grandes****

Elisa Albuquerque disse...

Bom Dia linda, o amor neste momento para mim é tema tabu... já não sei o que é amar e ser amada há mais de 3 anos... enfim... olha mudando de assunto... adoro Sintra lol
beijinhos e boa resto de semana