THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Saber deixar partir

Images for your blog codes



Porque amar é também saber deixar partir quem se ama...

Ao meu Ju, que me deu tanto ao longo destes 11 anos que eu só poderia retribuir deixando-o ir...

Da mesma forma que chegou, da mesma forma foi: ao meu colo....

Ao meu cãozinho,sempre comigo....





Brigada Xata pl texto que me enviaste e que agora reproduzo aqui). É mesmo assim, nao há duvidas....


"Apenas um cão..."

De vez em quando escuto alguém me dizer: - Pára com isso! É apenas um cão!!!
Ou então; - Mas é muito dinheiro pra se gastar com ele! É apenas um cão.
Estas pessoas não sabem do caminho percorrido, do tempo gasto ou dos custos que significam "apenas um cão".
Muitos dos meus melhores momentos me foram trazidos por " apenas um cão".
Por muitas horas em minha vida, minha única companhia era "apenas um cão". E eu não me senti desprezado.
Muitas de minhas tristezas foram amenizadas por "apenas um cão".
E naqueles dias sombrios, o toque gentil de "apenas um cão" me deu conforto e motivo para seguir em frente.
E se você também é daqueles que pensam que ele é "apenas um cão", com certeza deve entender bem expressões como "apenas um amigo", "apenas um nascer de sol", apenas uma promessa"...
"Apenas um cão" deu a minha vida a verdadeira essência da amizade, da confiança, da pura e irrestrita felicidade.
"Apenas um cão" faz aflorar a compaixão e a paciência que fazem de mim uma pessoa melhor.
Por causa de "apenas eu cão", eu me levanto cedo, faço caminhadas e olho com mais amor para o futuro.
Porque pra mim... e pras pessoas como eu... não se trata de "apenas um cão", mas da incorporação de todos os sonhos e esperanças do futuro; das lembranças afetuosas do passado; da pura felicidade do momento presente.
"Apenas um cão" faz brotar o que há de bom em mim e dissolve meus pensamentos e as preocupações do meu dia.
Eu espero que, algum dia, as pessoas entendam que não é "apenas um cão", mas aquilo que me torna mais humano e me permite não ser "apenas um homem"...
Então, da próxima vez em que você escutar a frase "É apenas um cão", apenas sorria para estas pessoas porque elas apenas não entendem..

11 consideraçoes hipocalóricas:

Ana Xata disse...

Nem sei que dizer...

Sinto muito mas deve ter sido mesmo o melhor a fazer, para o Junior não sofrer.

Não fiques triste, guarda e lembra-te somente das boas recordações que o teu pequenino te deixou.

Beijinho para ti.

Ana

Patricia disse...

Não consigo saber o que deves sentir, mas posso imaginar... adoro a minha Becas (cadela) como se fosse minha filha. Fui buscá-la com apenas 1 mês e tem agora quase 5 anos. Não quero pensar se algum dia tiver de ter a coragem para a deixar ír... como tu tiveste :o(
adorei o texto, realmente as pessoas não sabem o que é ter o amor de "apenas um cão". Eu sei e não troco esse amor por nada.

beijinhos e força!

Elisa Albuquerque disse...

Oh meu amor.... os meus sentimentos, fiquei logo a chorar com o teu post... sabes tb que tive quase a perder a minha menina, por isso te compreendo como ng.... um abraço bem apertado tá? beijinhos enormes

Bel disse...

Não consegui deixar de passar aqui....

Amiga, nem sei que dizer, apenas que imagino o quanto estejas a sofrer, perder um amigo é horrivelmente doloroso! Estou contigo agora....

Apesar de não ter tido a sorte de conhecer o "meu" Jú, ele tinha e tem um cantinho só para ele no meu coração...um coração que agora está triste e doi. Podes não acreditar, mas não consegui controlar as lagrimas e o aperto no peito quando li o teu post...

Foste uma amiga única e maravilhosa para o Jú e onde quer que ele esteja vai estar a proteger-te, acredita! Por muito que nos custe, e eu já passei por isso, deixar partir é um acto de amor único e só verdadeiros amigos o conseguem fazer!

Apesar de tudo, a dor está cá e custa muito...tenta pensar só nos momentos bons que tiveste com ele e como ele e tu foram felizes!

Um beijinho do tamanho do mundo, para ti amiga querida, para os teus meninos e para o "meu" Jú que o será sempre e para sempre!

"...onde quer que estejas Jú, um beijinho enorme e um abracinho apertado da madrinha que te terá sempre no coração..."

Sabes uma coisa ANA, adoro-te...estou contigo!

Vitamina CeCe disse...

Subscrevo as palavras da Ana Xata. Um cão é um amigo. Aquele amigo com quem falamos e que nos abana o rabo, sempre! Fiel, Leal, sempre lá, com os seus olhinhos doces e à nossa espera no portão de casa para mais uma festa e de um carinho.

Sei que vais guardar todos os momentos, porque como podemos nós esquecer um amigo?

Beijo e abraço apertado

Susana disse...

Olá.
Nem sei o que te dizer
Estas alturas sao muto dolorosas e quem ama os animais como quem ama pessoas é como uma perda enorme e um vazio ainda maior.
Sei o que sentes.
Mas tens que pensar que ele foi feliz enquanto teve contigo e de certeza que te agradeceu.
Tb me custa imenso ver um animal partir.
Mas teve de ser.
O importante é que ele foi feliz e contigo guardas as boas recordações.
Muitos beijinhos sentidos.

Acucaracha disse...

Olá linda... deves estar a passar por um mau bocado..mas vai passar. Mais vale assim do que se estivesse em sofrimento. E não é apenas um cão...gostei muito do texto...realmente mto bonito. Beijinhos e força!

Ana Bastos disse...

Um amigo é um amigo!!!
Sem palavras :( !!!
Força!
Bjinhu

sarapatica disse...

Ohhhh..Agora fiquei mesmo tristinha. Linda nem sei k te diga. Concordo com a ana bastos. Um amigo é um amigo, custa sempre. Esse texto é muito lindo. O Ju vai ser sempre uma boa recordação. Sinto muito linda. és um amor. sabes isso não sabes?? Joquinhas

Anónimo disse...

o meu juju era o melhor cão do mundo, não só porque era meu mas também porque se portava como muitos humanos não se comportam :amuava, mimava-me, olhava-me, beijava-me..deixa-lofoi melhor para ele mas não para mim...ainda hoje me sinto culpada e só de pensar nele, sinto um aperto no coração, um nó na gargante e lágrimas nos olhos...e eu nem sou de choro fácil...mas o juju é único, nunca mais vai haver nenhum como ele : dócil, sensível, inteligente, cúmplice... e voltamos ao príncipio :qualidades que pessoas não têm, por isso merece todo o meu carinho e saudade para sempre...temos que aprender a fazer o luto : transformar a presença(física) em recordação(mental) e isso doi e leva tempo.fc

xobitor disse...

Também eu sei o que isso é. E sei o que é olhar para os espaços vazios onde o meu Sammer costumava estar. Toca-nos fundo quando os perdemos e é nítida a sensação de que nunca os vamos esquecer. De certa forma, nunca os esquecermos dá alguma força para continuar. E é claro que não é apenas um cão porque a dor é demasiado real. Sinto a tua perda Ana, e quero que te lembres de umas palavras que me ajudaram mesmo quando foi o meu. Lembrei-me de ter lido o que uma pessoa escreveu, que "viver sem lágrimas não é viver" ... acho que nos dá força para continuar em frente, não ?
Jinhos Ana